Hoje quero conversar com vocês a respeito  de temperança que é um dos frutos do Espírito. Ao pensarmos nessa palavrinha ela poderá nos remeter a tempero ou temperar. Então, podemos nos lembrar do ato de cozinhar e de como preferimos os sabores dos nossos pratos. Muitos alimentos são tão apetitosos ao nosso paladar, mas a verdade é que não fazem bem para a nossa saúde. Além disso, o excesso de sabores podem destruir o prato mais refinado. Quem nunca provou uma comida salgada ou apimentada demais e se frustrou com o sabor?

Toda essa metáfora a respeito de alimentos e comidas fazem pensar em nossas próprias vidas, e como elas se encontram? Pois, temperança também nos remete a ideia de temperamento. E nesse ponto podemos olhar para dentro de nossas emoções e perguntar ao Espírito Santo que fruto há em nós que Ele tem gerado? O que já mudou e o que Ele ainda pretende mudar?

A Bíblia nos afirma que somos libertos por Cristo para a liberdade. Já compartilhei com você que lê meus textos que sou uma pessoa que tenho sede por liberdade. Mas a liberdade da qual eu tanto me refiro é algo que vem de dentro para fora, do nosso interior para o nosso exterior. Pois homens como Daniel e José provaram dessa liberdade mesmo em cárceres. O próprio Paulo falava a respeito dessa liberdade mesmo estando preso. E este é o exemplo de tantos outros profetas. Essa liberdade tem a ver com um estado de espírito gerado pelo próprio Espírito Santo de Deus que vai mudando o nosso coração. Confrontando nossos desequilíbrios, excessos e pecados e nos transformando a semelhança daquele a quem tanto amamos, Jesus Cristo, o filho de Deus.

Então, vamos pensar em temperança de forma prática, isto é: olhando para nossas vidas e observando esses pontos em nossos relacionamentos e emoções. Sim, eu quero que vejamos as nossas fraquezas e limitações. Mas também quero que possamos ir mais profundo ao compreendermos tudo aquilo que Deus já tem feito em nós.  E principalmente o que Ele ainda está a fazer. Sua obra não cessou e Ele continua a nos santificar.

Você consegue compreender o quanto Deus já mudou em você? Já consegue sentir quanta raiva, ódio e dor Ele já curou? Já conseguiu perceber a paz que te inunda e cresce permanentemente? Ele é quem gera o fruto em nós. “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio, contra essas coisas não há lei. (Gálatas 5.22-23).

“Mas vamos falar da vida com Deus. O que acontece quando vivemos no caminho de Deus? Deus faz surgir dons em nós, como frutas que nascem num pomar: afeição pelos outros, um senso de compaixão no íntimo e a convicção de que há algo de sagrado em toda a criação e nas pessoas. Nos nos entregamos de coração a compromissos que importam, sem precisar forçar a barra, e nos tornamos capazes de direcionar sabiamente nossas habilidades.” Gálatas 5.22-23 (A Mensagem)

Pessoalmente gostei bastante da descrição da mensagem a respeito da temperança e do “equilíbrio emocional” que é derramado sobre nós pelo Espírito Santo de Deus. Eu sei bem o que é ter guerra interna e prisões na alma. E por isso dou valor a liberdade que o Senhor conquistou para nós na Cruz do Calvário.

Minha oração hoje é de gratidão por essa liberdade que Ele tem nos dado. É de gratidão pelo Espírito Santo que Ele enviou para morar em nós. Ele nos escolheu para sermos a sua casa, e nos prometeu estar conosco até a consumação dos séculos. Até o fim. Nunca nos deixará só e no caminho Ele nos ensinará todas as coisas. Eu o amo infinitamente, e você?

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.
Fechar