FHOP

Amando Jesus com minha aparência

Identidade

 

Ok, antes mesmo que você tire alguma conclusão do texto somente pelo título, vamos logo ao ponto: nós podemos amar Jesus com tudo o que nós somos, inclusive nossa aparência. E isso não se trata de maquiagem, algum tipo físico específico ou um modo de se vestir. Amar Jesus com nossa aparência vai além até mesmo da própria aparência. Começa em nossas mentes, em nosso coração.

Vivemos em meio a uma geração que vive apenas pelo exterior. Não tem como negar. Há tanta pressão para se parecer de alguma forma específica. A insatisfação com nosso tipo físico, a insatisfação com nossa personalidade. É como se diante de muitos houvessem letreiros enormes e brilhantes dizendo: “não é o suficiente, tente mais um pouco”. Imagine como é viver assim. Um grande pesadelo!

Quando olhamos para Jesus nós vemos algo totalmente diferente. Ele se importou com as pessoas mais rejeitadas da sociedade, mas não por dó. Foi por amor! O desejo de Jesus também era de restaurar a dignidade do ser humano. E ele ainda deseja isso. Quando milhares de jovens ao redor do mundo estão se olhando no espelho, pensando em como podem se parecer melhor, posso imaginar Jesus dizendo: “eu amo você assim, mas você pode me amar assim?”

Será que podemos amar Jesus da maneira que somos? Quando de amor nós estamos guardando em nossos corações, sufocando nossa própria liberdade diante de Deus, por constantemente nos rejeitarmos e não permitirmos Jesus nos amar em nossa estrutura. Sabe de uma coisa? A estrutura na qual muitas vezes queremos nos livrar, foi a que Cristo desejou habitar. Ele se tornou homem e permanece até hoje assim, por amor!

Nós precisamos ser livres das mentiras do diabo, que dizem que não seremos amados por causa da nossa aparência. Quando você vamos parar de esconder nossas risadas extravagantes, só porque alguém disse que era certo rir ‘moderadamente’? Quando vamos permitir que a beleza da nossa personalidade seja externada?

Agora…Eu não estou falando sobre não se cuidar. Nesta altura do texto, você sabe bem que eu não estou defendendo o “ser relaxado”. Vamos tomar banho e usar perfumes, amém? É sobre aquilo que começa no secreto do nosso coração, nas pequenas coisas que imprimimos em nosso interior. Nas pequenas frases, palavras, imagens. Mas podemos quebrar o poder das trevas que têm afligido uma geração inteira.

Em Jesus nós podemos nos apoiar. Podemos ser uma geração livre da comparação, da inveja, da rejeição, do medo. Eu te convido hoje a levar esse assunto ao seu lugar de oração. Será que você pode responder o convite de Jesus, em amá-lo como você é? Jesus quer te revelar o que ele conquistou para você. O tipo de vida que ele te chamou a viver e o quão poderoso é o amor dele. É você quem ele mais ama e quem ele mais quer!

“Você é toda linda, minha querida; em você não há defeito algum.” – Cânticos 4:7 (NVI)

Você é toda linda, minha amada; incomparável, simplesmente inesquecível! – Cânticos 4:7 (A Mensagem)

Escrito por Daniela Teles

Dani, originalmente de São Paulo, é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Uma mulher que busca o coração de Deus e que tem o desejo de ver uma geração inteiramente comprometida com Jesus, andando no poder do Espírito e em paixão pela Bíblia.

Comentários

comentários

Pin It

» Identidade » Amando Jesus com minha aparência
Em 14 de dezembro de 2016
,

Commentários desabilitados.

« »