FHOP

Discernindo os tempos, queimando de amor por Jesus

Eternidade, Relacionamento

 

De uma forma geral, é como se Jesus estivesse, nos últimos dias, trazendo uma consciência quase palpável de Sua presença para igreja brasileira, bem como uma boa porção de discernimento dos tempos em que estamos vivendo.

Eu tenho visto e ouvido diversos homens de  Deus comunicando sobre a brevidade dos dias, sobre a necessidade de um procedimento santo e de uma postura de arrependimento.

Uma sensação de temor e necessidade de que queimemos apaixonadamente como nunca pelo Senhor, revela a responsabilidade que temos, enquanto geração, de carregarmos um legado que marque o mundo com amor, consciência da presença de Deus e frutos de intimidade com Ele.

Eu não acho que o desejo do Senhor ao falar desta forma é ser duro conosco, mas pelo contrário, é nos atrair novamente aos fundamentos de um cristianismo puro, verdadeiro e simples. É nos chamar para mais perto e nos mostrar como devemos proceder caminhando no Espírito e sendo a igreja que atrai a chuva de avivamento, que se manifesta como aquela dos últimos dias, mostrando ao mundo a face de um Salvador.

Um dos textos bíblicos mais fortes que conheço sobre este assunto e que tem tomado o meu coração é o de 2 Pedro:3 e gostaria de compartilhá-lo com vocês:

“O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se. Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade Aguardando, e apressando para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão?” 2 Pedro 3:9-12

Nós somos convidados a agir em santo trato e piedade, como aqueles que apressam a vinda do dia do Senhor. Nós somos alistados a olhar e revelar o céu, revelar o Eterno, a esperança para o mundo enquanto que todas as outras coisas serão desfeitas e só restará o Noivo e a Sua Noiva.

Acho poderoso saber que temos esperança e que podemos fazer parte do que Deus está fazendo na terra. Acho incrível sermos chamados para uma vida de separação que realmente se preocupe com legados eternos , que entende a brevidade dos dias e se coloca como canal para que outros possam tocar a mesma esperança que nos alcançou!

Minha oração tem sido para que cada um de nós tenha ouvidos atentos para discernir os tempos, para caminhar em conformidade com o nosso chamado manifestando a verdade. Tenho pedido ao Senhor que nos levantemos como Aqueles que têm mãos limpas e corações puros:

“Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo?Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. Este receberá a bênção do Senhor e a justiça do Deus da sua salvação.Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó”. Salmos 24:3-6

Que santifiquemos nossas vidas e encontremos o nosso lugar ao Santo monte do Senhor: o lugar de ouvir o Seu coração, o lugar onde encontramos a face dAquele que amamos! Que o medo de nos aproximarmos do Senhor seja quebrado pelo ardente desejo de queimar de amor por Ele, até que as nações o reconheçam, até que Jesus volte e enfim, nos tornemos um com Ele!

 

Escrito por Julia Carniel

Nascida no Rio Grande do Sul, Júlia é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Tem perseguido o conhecimento de Jesus a partir das escrituras e do lugar de oração. Acredita que verá essa geração ser impactada pelo amor de Jesus e deseja que Sua beleza seja revelada para todos os povos e nações.

Comentários

comentários

Pin It

» Eternidade, Relacionamento » Discernindo os tempos, queimando de...
Em 6 de fevereiro de 2017
, ,

Commentários desabilitados.

« »