FHOP

Jejuando por mais paixão por Jesus

Jejum

 

Quando jejuamos podemos facilmente nos esquecer de um dos maiores, se não for o maior, alvo de um jejum: Jesus. Nos aproximarmos dele, colocarmos nosso coração à sua inteira disposição, nos deixarmos tocar e estar tenros diante dele. Sim, isso precisa chacoalhar o nosso coração. Quando ele mesmo disse que haveriam dias em que o noivo seria tirado, mas aí o povo jejuaria. Sim, esse tempo é agora! Nós podemos jejuar para ter a paixão por Jesus viva em nosso interior.

Não há propósito terreno que seja superior ao de conhecer Jesus. Não há nada nesse mundo que seja tão digno de nosso sacrifício pessoal. Nada que possamos obter que seja tão necessário, quanto ter a revelação viva de Jesus em nosso interior. E se todos os jejuns da terra fossem apenas com esse objetivo, ainda assim haveriam motivos suficientes para jejuarmos até seu retorno.

“Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação,” – Colossenses 1:15

Vamos meditar um pouco sobre quem foi Jesus. Aquele que é descrito como ‘a imagem do Deus invisível’. Você sabe o que isso significa? O Deus que ninguém é capaz de ver, se fez conhecido em Jesus. Ele é aquele que em si revela quem Deus é. Ele é o reflexo de Deus para nós. Por isso que ele nos disse que ao vermos ele, veríamos ao pai. Deus, aquele que é o objeto de maior fascínio no céu, se faz tão acessível através de Jesus. Isso é incrível!

Como não se apaixonar por um Deus assim? Há tanta riqueza nessa pequena frase. E mais do que apenas ter a revelação do que ela diz, é poder tocar essa realidade. Em um jejum, quando pedimos por mais paixão por Jesus, nosso coração expande em meio à vulnerabilidade e redenção. Nós estamos em dias de fraqueza voluntária, para que a natureza perfeita de Deus, através de Jesus, incendeie nosso coração.

Eu convido você a fazer deste um alvo de oração e busca durante seu jejum: paixão por Jesus em seu coração como chamas de fogo que não cessam. Se nós, como igreja, buscarmos ao Senhor como aquele que têm preeminência em nós, voltaremos a ver dias de avivamento. Se tão somente abrirmos mão de pequenos prazeres, como o simples fato de comer, poderíamos ver Deus se revelando para toda nossa nação.

Fico imaginando como serão os dias em que uma geração inteira vai jejuar. Como será o dia em que jovens por todo o Brasil clamarão incansavelmente pela restauração do primeiro mandamento. Como será quando nós abrirmos mãos de prazeres legítimos, porque encontramos um prazer superior ao jejuarmos. Como será quando eu e você nos colocarmos diante de Deus, como amigos fiéis, como nazireus, como filhos, e pedirmos para que ele simplesmente venha. Uau, eu espero que você também possa imaginar e não só isso, ser também parte da resposta e do clamor de um povo inteiro.

Escrito por Daniela Teles

Dani, originalmente de São Paulo, é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Uma mulher que busca o coração de Deus e que tem o desejo de ver uma geração inteiramente comprometida com Jesus, andando no poder do Espírito e em paixão pela Bíblia.

Comentários

comentários

Pin It

» Jejum » Jejuando por mais paixão por...
Em 10 de maio de 2017
, ,

Commentários desabilitados.

« »